Você já se perguntou “porque sou eu que tenho que aprender a conquistar um homem? E eles, não precisam aprender não?”

Talvez você já saiba a resposta, mas eu vou dizer aqui, só pra deixar registrado:

É claro!! É claro que eles também tem que aprender a conquistar.

Mas a questão é que ele tem que fazer a parte dele e você a sua. Você não tem controle sobre a parte dele, mas tem total controle sobre a sua parte na arte de conquistar um relacionamento.

E deixa eu te contar a verdade sobre algo: apenas 10% das coisas que acontecem na sua vida vem de fatores externos e sobre os quais você não tem controle: por exemplo, quando você arruma seu cabelo maravilhosamente bem e começa a chover. Você não tem controle sobre a chuva, mas você tem total controle sobre as suas reações, sobre as suas emoções.

No relacionamento, você não tem controle sobre as atitudes do outro, mas você tem sobre as suas atitudes, os seus aprendizados e sobre quanto você está buscando ser melhor.

E a verdade é que quando nós mudamos, o mundo ao nosso redor muda também. Se você é uma mulher interessante, que se conhece, que busca ser melhor a cada dia, que aprimora seus conhecimentos (sobre tudo e também sobre os homens), que tem sonhos, a verdade é que você vai atrair todo tipo de homem, inclusive aqueles interessantes, que tem sonhos, que buscam ser melhores a cada dia.

Mas se você está vivendo a sua vida esperando as coisas acontecerem, trabalho – casa – filhos (talvez) – balada… falando sempre as mesmas coisas, se relacionando com as mesmas pessoas, acordando e dormindo no modo automático, certamente que é esse mesmo tipo de homens que você está atraindo para perto de você.

Será que você está fazendo o que você precisa fazer para atrair para perto de você homens que querem ter um relacionamento sério, que querem estar com uma mulher apenas, que gostam da vida a dois?

Se você deseja conquistar um relacionamento com um homem sério, eu posso te garantir aqui com a honra da minha vida que isso é possível.

E se você quiser de verdade, muito mesmo, estando disposta a agir e a pensar diferente de tudo o que você já fez e pensou, então você vai viver isso. Mas depende de você ter as atitudes certas, de investir em você mesma.

É como começar a trabalhar em uma empresa nova. Tudo tem início pelo currículo que você escreve, as habilidades e conhecimentos que têm ali. Depois vem a entrevista e você vai garantir uma boa apresentação pessoal para passar uma ótima impressão sobre você, certo?

Depois, já dentro da empresa, o que vai garantir a remuneração e o prestígio que você vai receber? Como fazer para ser promovida?

Considere essa mesma situação no seu relacionamento. Apesar de estarmos sempre cobrando e querendo alguém bacana… pare um pouco para pensar no que você tem a oferecer para ter em sua vida esse relacionamento bacana. A reciprocidade nesse ponto é o que mantém uma relação.

Isso vai depender de quanto VALOR você gera para aquela empresa. Vai depender de você fazer um bom trabalho, mas um trabalho que seja o que a empresa está buscando.

E para isso precisamos nos aprimorar sempre, sermos melhor a cada dia naquela área de nossa atuação, buscar conhecer mais e mais daquela empresa que trabalhamos, entender o que é realmente importante para aquela empresa para que possamos oferecer o nosso trabalho, nossas habilidades dentro daquela realidade.

O processo é esse: Você melhora > Você gera valor aos Outros > O Mundo Percebe > O mundo te devolve algo a altura.

E a vida sempre vai retornar as coisas na medida do seu esforço. Pouco esforço, pouco retorno.

E não sou eu dizendo isso sem embasamento. Tem um grande coach americano, Tony Robbins, que fala – entre muitas coisas maravilhosas – que “a força para mudar qualquer coisa está adormecida dentro de nós. Podemos despertar essa força e ressuscitar nossos sonhos, a partir de hoje”. E basta a gente querer.

Desperte aí essa força dentro de você, porque depende só de você.

Grande beijo
Luiza Vono